APOIE A NAÇÃO PANKARARU NO ENFRENTAMENTO DA PANDEMIA

Olá, amigas e amigos.

Sou Bruna Silveira, sou médica de família e comunidade de São Paulo e escrevo para pedir sua ajuda e seu apoio para a nação Pankararu – grupo indígena brasileiro que habita as proximidades do rio São Francisco em Pernambuco (a nação está localizada entre três municípios: Petrolândia, Tacaratu e Jatobá).

Sabemos que estamos enfrentamos um dos piores cenários da pandemia no mundo – senão o pior. Além do catastrófico cenário da saúde, há um agravo das condições sociais: populações vulneráveis estão cada vez mais desassistidas por esse desgoverno. Nesse trágico contexto, povos indígenas são parte das populações que mais estão sendo ameaçadas pelo Covid-19 e pelos graves problemas sociais de pobreza, fome, moradia, falta de acesso à saúde pública e saneamento básico.


E foi a pedido do meu grande amigo e pajé Atiã Pankararu que trago esse pedido de apoio à nação Pankararu no enfrentamento da pandemia por coronavírus (e no enfrentamento desse governo genocida e ecocida)!

PRECISAMOS AJUDAR!

Como você pode ajudar?

1. Você pode contribuir financeiramente! (TODA AJUDA É VÁLIDA!)

Para depósito direto, seguem as contas do Pajé Atiã Pankararu (*Fernando M Dos Santos é o nome de registro brasileiro de Atiã) e de Araunã Pankararu (registrado com nome brasileiro de Antonio C Barros) – liderança da Aldeia Bem Querer e guerreiro das Barreiras Solitárias do Povo Pankararu.

BANCO BRADESCO
Agência 6041-0
Conta Corrente 0260486-8
FERNANDO M DOS SANTOS
CPF: 580.045.995-91
(favor enviar comprovante de depósito para 11 987503933)

BANCO DO BRASIL
Agência 1112-6
Conta Poupança 108.694-4
ANTONIO C BARROS
CPF: 033.871.314-02
(favor enviar comprovante de depósito para 11 987503933)

Ou você pode doar pelo site: https://www.vakinha.com.br/vaquinha/apoie-a-nacao-pankararu-no-enfrentamento-da-pandemia

2. Você pode contribuir doando alimentos, materiais de proteção (como luvas, máscaras, etc), materiais de higiene (álcool, álcool gel, etc)

Aldeia Bem Querer De Cima
Antonio Carlos de Barros
CEP 56470000
Jatoba PE

3. Você pode compartilhar essa mensagem para quem você achar que pode somar!

MAIS SOBRE A MINHA LIGAÇÃO PESSOAL COM O PAJÉ ATIÃ PANKARARU

Há cerca de dez anos tenho um vínculo muito forte com o Pajé Atiã Pankararu. Nos conhecemos na construção do que ele nomeou como “ENCONTRÃO MCA” – o nosso amado encontro de Saúde, Cultura e Arte (que inclusive estamos tentando retomar em novos moldes no meio desse caos).

Seguimos nos encontramos anualmente nas seguintes edições do MCA, depois ficamos um tempo sem nos ver presencialmente –  mas sempre nos mantivemos em contato, e, ano passado Atiã voltou para São Paulo na décima edição do MCA – quando aproveitamos sua vinda para realizar um lindo ritual de bençãos para meu filho. Mesmo nos anos que ficamos sem nos ver fisicamente, sempre estivemos conectados. Assim como agora.

Foi num dos nossos contatos recentes que Atiã me abriu as dificuldades que seu povo tem enfrentado: corte de verbas, falta de alimentos, falta de materiais básicos para o combate ao coronavírus. Mesmo com todas as dificuldades, eles estão conseguindo controlar o número de casos de coronavírus dentro de seu território. Mas isso se deve exclusivamente ao esforço da comunidade Pankararu. E eles precisam do nosso apoio!


AJUDE! DOE! COMPARTILHE!

<span>%d</span> blogueiros gostam disto: